SACO INVEST

Fórum da Saco Invest
 
HomeHome  FAQFAQ  SearchSearch  RegisterRegister  MemberlistMemberlist  UsergroupsUsergroups  Log in  

Share | 
 

 IPOs

View previous topic View next topic Go down 
AuthorMessage
ssamir



Number of posts : 1
Registration date : 2007-09-28

PostSubject: IPOs   Fri Sep 28, 2007 1:12 pm

De volta às IPOs: melhor estratégia ao investidor é visar curto ou longo prazo?
28/09/2007 11:30
InfoMoney

SÃO PAULO - Durante a crise subprime, o boom de IPOs (Initial Public Offerings, ou Ofertas Públicas Iniciais) até então visto no ano teve uma pausa. Contudo, este movimento tende a retomar o fôlego visto nos sete primeiros meses do ano.

O número de pedidos de IPOs atualmente em análise pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), somando ações e certificados de depósitos de ações, é de 27. Adicionalmente, as ofertas de Trisul, BicBanco e SulAmérica estão em andamento.

Assim, os investidores que sempre procuram por novas opções na bolsa podem voltar a pensar na melhor estratégia a se adotar. Alguns preferem vender os papéis no primeiro dia de negócios, dia em que, salvas algumas exceções, estes papéis costumam apresentar expressiva variação de preço. Outros preferem enxergar oportunidades de médio e longo prazo, mantendo os papéis em suas carteiras.

Avaliando os números
Para avaliar qual destas duas estratégias pode ser mais vantajosa, cabe primeiramente uma análise do comportamento das 47 IPOs realizadas em 2007 que já possuem, no mínimo, 30 dias de negociação na Bovespa.

Destas ofertas iniciais, 18 encerraram seus respectivos dias de estréia na bolsa com desempenho, em termos de variação percentual, inferior ao do Ibovespa. Estendendo este período para os trinta primeiros dias de negócios, o número de papéis que perdem para o Ibovespa se mantém.

Contudo, na análise da oscilação destas 47 IPOs desde a estréia até o pregão da última terça-feira (25), o número de papéis que tiveram evolução inferior à apresentada pelo Índice Bovespa salta para 32. Baseado nestes dados, o que investidor pode concluir?

Que garantia estes dados trazem ao investidor?
Daniella Marques, analista da Mercatto Investimentos, enfatiza que investimento em bolsa deve ser visto com perspectivas de médio e longo prazo. Números e estatísticas não são garantia de retorno. Uma análise de desempenho setorial pode traçar quais papéis têm maior demanda e melhor perspectiva na ótica do mercado, mas, individualmente, o investidor não deve se vislumbrar com oscilações de curto prazo.

Na hora de decidir se participará ou não de uma IPO, o investidor deve mirar seus ganhos futuros nas perspectivas de crescimento do setor em que a empresa está inserida, a qualidade de sua gestão, a força de sua marca no mercado, sua posição setorial, seus históricos de lucratividade e custos, entre outros fundamentos.

Compartilhando desta opinião, Cássio Rangel, economista da Paraty Investimentos, acrescenta que o investidor também precisa se atentar às praticas de Governança Corporativa da empresa, os motivos que levam a empresa a realizar o IPO, a estrutura da oferta (primária e/ou secundária).

Investidor faz lição de casa e flipper sai de cena
Rangel avalia que, com o mercado cada vez mais seletivo, a atratividade da estratégia especulativa dos chamados flippers, que são aquelas pessoas que entram na oferta para vender no primeiro dia, tende a diminuir cada vez mais.

O economista da Paraty Investimentos lembra que esta estratégia ganhou força no último ano, com a euforia em torno da retomada das IPOs em maior escala, movimento que levou investidores a pagarem elevados múltiplos sem avaliar com cuidado a qualidade da empresa.

Este movimento do mercado tem se dissipado este ano, com os investidores se mostrando mais seletivos, avaliando caso a caso e procurando as melhores empresas que estão abrindo capital.

"Esse ano os investidores estão fazendo o dever de casa e não estão aceitando qualquer preço embutido nas ofertas, tentando estudar e entender melhor as empresas", conclui Rangel.

Na fila da CVM
Atualmente, correm na CVM as análises de abertura de capital, via oferta de ações, das empresas Helbor Empreendimentos, PPE Fios Esmaltados, Marisa, Moura Dubeux Engenharia, Eleva, Banco Fibra, Tenda Construtora, Br Properties, Banco Industrial, Vix Logística, Brasil Brokers Participação, Marítima Seguros, Raia, MB Engenharia, Amil Participações, Laboratório Americano de Farmacoterapia, G Barbosa Holding, Imcopa e Banco Panamericano.

Paralelamente, as empresas Claritas Investments, Campos Verdes, SEB (Sistema Educacional Brasileiro), Laeo Investments, Brazilian Finance & Real State, Agrenco Limited, LDC Bioenergia e Petroquímica Comodoro Rivadávia estão com seus respectivos pedidos de oferta de certificados de depósitos de ações em estudo.


Fechar
Back to top Go down
View user profile
 
IPOs
View previous topic View next topic Back to top 
Page 1 of 1
 Similar topics
-
» New IPOs in near future
» upcoming ipos
» Upcoming IPOs-the way forward...
» Are IPOs bad?
» what are the new ipos in waiting list

Permissions in this forum:You cannot reply to topics in this forum
SACO INVEST :: SACO INVEST-
Jump to: